Tags : gastos com TI

Gartner prevê queda de 5,4% em gastos mundiais de TI

Os gastos com TI aumentarão no próximo ano, mas não alcançarão os níveis pré-pandêmicos. O declínio do mercado de TI em 2020 levará mais dois ou três anos para se recuperar, de acordo com a previsão mais recente do Gartner. Os gastos mundiais com TI devem atingir US$ 3,754 trilhões em 2021, um aumento de […]Ler Mais ...

Gastos bancários e de títulos com TI devem cair 4,7%

Apesar das restrições atuais, novas fontes de receita serão críticas para a recuperação estendida Os gastos com TI no setor de bancos e títulos deve sofrer queda em todo o mundo, segundo novo relatório do Gartner. Os gastos mundiais com TI no setor bancário e de valores mobiliários devem diminuir quase 4,7%, para US$ 514 […]Ler Mais ...

Apesar da Covid-19, setor de serviços gerenciados de TI deve

Realizado pela IDC e com apoio da Oi Soluções, estudo indica que empresas estão buscando um modelo de trabalho dinâmico e flexível. As expectativas da IDC dentro do Brasil indicam que o impacto dos serviços gerenciados de TI nos negócios, antes da pandemia estipulado em 3,6%, se manterá no mesmo percentual após a contenção da covid-19, com […]Ler Mais ...

Gastos com TI cairão 7,3% este ano, mas retomada será

O Gartner prevê que os gastos mundiais com TI totalizem US$ 3,5 trilhões em 2020, uma queda de 7,3% em relação a 2019, de acordo com a última previsão da consultoria. A estimativa, no entanto, é de que a recuperação do setor seja mais rápida do que a economia como um todo. “Ainda se espera […]Ler Mais ...