Tags : e-commerce

Com crescimento de 75% em 2020, e-commerce brasileiro chegou a

À medida que a Covid-19 manteve os consumidores em casa, quase tudo, de mantimentos a suprimentos de jardinagem, passou a ser comprado online. De acordo com o último relatório Recovery Insights da Mastercard, essa digitalização acelerada movimentou globalmente mais de US$ 900 bilhões no último ano. No Brasil, segundo o índice macroeconômico da Mastercard, SpedingPulse […]Ler Mais ...

Fraudes no e-commerce brasileiro caem em 2020

Segundo quinta edição de um relatório da Konduto, fraudes realizadas por dispositivos móveis predominaram. A taxa de tentativas de fraude no comércio eletrônico brasileiro diminuiu entre 2019 e 2020, passando de 2,52% para 2,07%. Os dados foram levantados a partir da análise de 244 milhões de pedidos computados pelos sistemas da Konduto – que formulou o relatório chamado Raio-X da Fraude – entre […]Ler Mais ...

E-commerce brasileiro registrou 75% de expansão em 2020

Após um ano de intensa digitalização e mudanças nos hábitos dos consumidores em relação às compras online, o levantamento Mastercard, SpendingPulse, que mede os gastos dos consumidores em todos os tipos de pagamento, incluindo dinheiro e cheque, revelou que as vendas do e-commerce* brasileiro durante o ano de 2020 – de janeiro a dezembro, cresceram […]Ler Mais ...

O que esperar para o setor de e-commerce em 2021?

Pesquisa mostra as principais mudanças no estilo compras na pandemia. Aposta no omnichannel visa garantir melhor experiência ao consumido. Da descoberta de um novo vírus letal ao impacto nas compras online, o início da pandemia no Brasil trouxe novas experiências. Diante do isolamento social, os brasileiros foram obrigados a encontrar diferentes formas para manter seus […]Ler Mais ...

8 tendências de e-commerce para ficar ligado em 2021

Levantamento da SBVC mostra que 70% dos entrevistados pretendem continuar comprando pela internet mesmo após fim da pandemia. O brasileiro já mudou o seu comportamento de consumo. Um levantamento da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) mostra que 70% dos entrevistados pretendem continuar comprando pela internet mesmo após a pandemia. Para que as empresas […]Ler Mais ...

Estudo mostra crescimento de 17% do ticket médio em estabelecimentos

Com a pandemia, milhares de comerciantes brasileiros precisaram ingressar no mundo digital para manter seu negócio funcionando. E para entender melhor esse movimento, a Visa Consulting & Analytics, braço de consultoria da Visa, analisou o comportamento desses estabelecimentos comerciais dentro da sua rede, entre abril e junho deste ano, e descobriu que mais de 70 […]Ler Mais ...

E-commerce cresce 97% em setembro, segundo a Mastercard

Dados mais recentes do Mastercard SpendingPulse, índice que rastreia as vendas gerais de varejo em todos os tipos de pagamento, incluindo dinheiro e cheque, indicam que as vendas do e-commerce brasileiro cresceram 97% em setembro no comparativo com o ano passado. Além disso, a média de crescimento dos últimos três meses (julho, agosto e setembro) […]Ler Mais ...

Tecnologia de personalização triplica vendas de e-commerce

Apelidada de vitrine virtual, solução utiliza ciência de dados e histórico de compras para apresentar produtos com maior probabilidade de compra. E-commerce de moda com mais de 15 mil itens para compra, o Posthaus utilizou uma solução da Supero Tecnologia para melhorar a experiência do cliente e aumentar o tíquete médio das compras realizadas dentro da plataforma.   A […]Ler Mais ...

Kearney aponta que o comércio eletrônico no País deve passar

Categorias de Alimentação, Cuidados com Pets e Beleza & Cuidados Pessoais são as que registrarão maiores crescimentos percentuais entre 2020 e 2024. A Kearney, consultoria global de gestão estratégica, acaba de divulgar um estudo sobre os impactos da Covid-19 no comportamento de consumo dos brasileiros e, consequentemente, no comércio eletrônico no País. Segundo a análise, […]Ler Mais ...

Faturamento do e-commerce cresce 56,8% neste ano e chega a

O e-commerce brasileiro faturou 56,8% a mais nos cinco primeiros meses de 2020 em comparação com igual período do ano passado, segundo pesquisa realizada pelo Movimento Compre&Confie em parceria com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm). Embora o valor do tíquete médio tenha caído 5,4% – de R$ 420,78 para R$ 398,03 –, o […]Ler Mais ...