Quase 80% dos brasileiros acreditam que home office ajuda a reduzir a poluição

 Quase 80% dos brasileiros acreditam que home office ajuda a reduzir a poluição

Redução de horas no trânsito foi fator preponderante para entrevistados defenderem modalidade em estudo.

Para a maioria dos 2.250 trabalhadores remotos entrevistados em uma pesquisa global, trabalhar de casa ajuda a reduzir a emissão de poluentes, reduzindo o impacto ambiental que produzem. No Brasil, este é o principal benefício para 77,6% dos trabalhadores consultados.

Segunda pesquisa conduzida a pedido do GoTo by LogMeIn, os trabalhadores de escritório brasileiros gastam, em média, 50,32 horas por dia no trânsito até o trabalho. A maioria deles, de carro (66,67%) ou transporte público (27,11%), o que faz com que grande parte dos brasileiros (88,4%) digam estar frequentemente preocupados em relação ao impacto ambiental que causam durante o deslocamento para o trabalho. Quase a metade deles (49,2%) ainda dizem se sentir culpados por conta disso.

Além de ajudar no meio ambiente, a pesquisa revela que o trabalho remoto também é solução para diversos outros desafios do dia a dia dos brasileiros, incluindo: a possibilidade de adotar uma agenda mais flexível (76,8%); economia de dinheiro com transporte e cuidados das crianças (44%); melhor qualidade de vida e felicidade (54%); e, até, aumento na produtividade (56,8%).

Apoiador:

“É bastante interessante observar que 77,6% dos trabalhadores de escritório consultados no Brasil acreditam que trabalhar de casa é uma das maneiras mais eficazes de ajudar o meio ambiente”, pontua Vanessa D’Angelo, Head de Marketing para a LogMeIn na América Latina. “Trabalhamos para tornar a implementação do trabalho remoto cada vez mais fácil e acessível para que empresas de todos os tamanhos possam repensar seu impacto ambiental e melhorar a qualidade de vida de seus colaboradores sem perder a produtividade”.

A pesquisa “Trabalhadores Ecologicamente Conscientes” foi encomendada pelo GoTo by LogMeIn e conduzida pela OnePoll. O levantamento mapeou os hábitos dos trabalhadores de escritório em todo o mundo, incluindo o Brasil e foi realizado nas últimas três semanas de março.

Por Redação

Via CIO

Editor MDR

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *