Quarentena aumenta em 85,2% o faturamento das vendas online de notebooks

 Quarentena aumenta em 85,2% o faturamento das vendas online de notebooks

Com a chegada do coronavírus, o “novo normal” para a população é o de fazer todas as atividades possíveis dentro de casa: estudar, se exercitar e até mesmo curtir o happy hour na varanda tornaram-se atitudes comuns. Dentro dessa rotina, o home office também ganhou protagonismo e, com ele, as vendas online de notebooks tiveram aumento expressivo de receita.

De acordo com o Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce, o faturamento do setor de notebooks chegou a R$ 2,1 bilhões no segundo trimestre deste ano, incremento de 85,2% em relação ao mesmo período do ano passado. A alta está relacionada principalmente ao maior volume de pedidos registrados: ao todo, 1 milhão de compras foi realizada no período – aumento de 73% em relação ao segundo trimestre de 2019.

Além da maior quantidade de vendas, o levantamento indica que o valor gasto nos produtos também subiu. O ticket médio das compras analisadas foi de R$ 2.092,00, crescimento de 7,1% ante o mesmo período do ano anterior.

“Os dados do e-commerce nos últimos anos sempre apontaram para um crescimento de vendas de smartphones, uma vez que este equipamento passou a ser um forte aliado de qualquer pessoa para se manter conectado e trabalhando a distância. Porém, com a necessidade de trabalho integral em home office, grande parte da população passou a investir novamente em compras de notebooks como principal aparelho para trabalho à distância”, finaliza André Dias, diretor executivo do Compre&Confie.

Por Redação

Via tiinside

Editor MDR

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *