Produção industrial sobe 8% em julho e cresce pelo 3º mês seguido, aponta IBGE

Apesar da sequência positiva, a produção ainda acumula baixa de 9,6% no ano

A indústria brasileira cresceu pelo terceiro mês consecutivo em julho, após o choque inicial das medidas de isolamento social. A produção avançou 8% na comparação a junho, com ajuste sazonal, mostram dados da Pesquisa Industrial Mensal (PIM), divulgada nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A leitura do mês ficou acima da mediana das projeções de 29 instituições financeiras e consultorias ouvidas pelo Valor Data, de alta de 6% da produção. O intervalo das estimativas variava de uma alta de 4,4% a um crescimento de 8,4%.

Apoiador:

Com as medidas de enfrentamento da pandemia, a indústria havia registrado perdas recordes em março (retração de 9,3%) e abril (queda de 19,5%). Em maio, a retomada foi iniciada com uma alta de 8,7% da produção (dado revisado de uma alta de 8,2% anteriormente divulgado), seguido por avanço de 9,7% em junho (revisado de um aumento de 8,9%).

Apesar da sequência de três altas, a produção ainda acumula baixa de 9,6% no ano e de 5,7% nos últimos 12 meses. Nem todo o ritmo, portanto, foi recuperado. Frente a julho do ano passado, a produção industrial mostra perda de 3%.

Por Valor Econômico

Via Aço Brasil

Editor MDR

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *