Produção de aço no país sobe 3,5% em outubro, aponta Aço Brasil

 Produção de aço no país sobe 3,5% em outubro, aponta Aço Brasil

Segundo o instituto, a produção no período atingiu 2,8 milhões de toneladas

A produção de aço em outubro cresceu 3,5% no comparativo com o mesmo do ano passado. Foram produzidas 2,8 milhões de toneladas. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (16) pelo Instituto Aço Brasil, entidade que reúne as siderúrgicas brasileiras.

Pelo levantamento do Aço Brasil, a produção de laminados cresceu 12,6% no mês passado, chegando a 2,1 milhões de toneladas.

Até outubro, as siderúrgicas produziram 25,1 milhões de toneladas de aço bruto, o que representa uma queda de 8,5% no comparativo com o mesmo período de 2019. Já a produção de laminados recuou 8,3%, para 17, 6 milhões de toneladas.

O consumo aparente no mês passado, de acordo com os dados, cresceu 16,7%, alcançando 1,9 milhão de toneladas. Já as vendas internas de aço chegaram a 2,1 milhões de toneladas, alta de 11,2%.

No acumulado até outubro, o consumo aparente caiu 2,9%, para 17,2 milhões de toneladas. As vendas internas também apresentaram redução no período de 1%, para 15,6 milhões de toneladas.

Apoiador:

IMPORTAÇÕES

Apesar do aumento do consumo aparente, segundo o Aço Brasil, as importações de aço caíram 22,5% em outubro, chegando a 163 mil toneladas. No acumulado do ano, foram importadas 1,6 milhão de toneladas, queda de 22,8%.

Em valores, o recuo em outubro foi de 25%, ficando em US$ 164 milhões. No acumulado do ano, o valor chegou a US$ 1,7 bilhão, queda de 19,2%.

EXPORTAÇÕES

As exportações também seguiram o ritmo de queda. Em outubro, foram exportadas 842 mil toneladas, declínio de 26,4%. Em valores, o recuo foi de 31,1% para US$ 416 milhões.

No acumulado, as vendas externas somaram 9,5 milhões de toneladas e US$ 4,6 bilhões, quedas de 22,8% e 19,2%, respectivamente.

Por Redação

Via Instituto Aço Brasil

Editor MDR

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *