Pesquisa revela o que as crianças pensam e sentem sobre o ambiente digital

 Pesquisa revela o que as crianças pensam e sentem sobre o ambiente digital

Série de vídeos conta com depoimentos de crianças de todo o Brasil.

Com o objetivo de entender como as múltiplas infâncias vivenciam o ambiente digital e a forma com que as crianças atuam na construção desse espaço em um mundo cada vez mais conectado, o Portal Lunetas apresenta o Especial: Um olhar sobre as infâncias conectadas , que reúne vídeos apresentados em uma série de mini documentários, com depoimentos de crianças de todo o Brasil sobre sua relação com o ambiente digital, que mostra o que os pequenos pensam e sentem sobre o meio digital, quais são as oportunidades e os desafios do espaço virtual e como é possível usar a internet para expressarem suas individualidades e opiniões.

Para a realização desse projeto, o Portal conversou com crianças de todos os estados brasileiros, com idades entre sete e 12 anos, de diferentes classes sociais e etnias, com e sem deficiência. Além das falas dos pequenos, o Especial traz infográficos e reportagens que retratam temas como caminhos para as famílias orientarem seus filhos na internet; reflexões sobre como as telas interferem no desenvolvimento da criança; a tecnologia como aliada das crianças com deficiência; proteção de dados dos pequenos, entre outros conteúdos deficiência.

“As crianças entram em contato cada vez mais cedo com a tecnologia como extensão de si mesmas. Por isso, entendemos que é importante ouvi-las para entender suas vivências, para assim, podemos contribuir de fato com uma experiência digital ética, segura, inclusiva e criativa para todos. Uma vivência plena da infância é corresponsabilidade de famílias, educadores, empresas, plataformas de tecnologia e governos, mas também envolve a livre manifestação das crianças em relação aos assuntos que lhes afetam”, afirma Raquel de Paula, coordenadora do portal Lunetas.

Confira um resumo de cada episódio do Especial:
O mundo digital e o imaginário infantil
Além de reunir, aproximar e divertir as pessoas, a internet também está presente no dia a dia das crianças brasileiras como um espaço dedicado à aprendizagem, à descoberta, ao entretenimento e à interação com amigos e familiares. Nesse vídeo as crianças falam como elas imaginavam o mundo antes do advento da internet.

Sentimentos e expectativas das crianças sobre a internet
Embora o entretenimento mediado por telas esteja presente na vida de muitas crianças brasileiras, elas também usam a internet para se informar, tirar dúvidas e aprender coisas novas. No vídeo, as crianças abordam como a internet pode ajudar no seu dia a dia, seja nos estudos, em pesquisas sobre conhecimentos gerais ou até mesmo com receitas culinárias.

Como as crianças usam a internet e a mediação dos pais
Agenda cheia não é exclusividade dos adultos. Muitas crianças têm tantos compromissos que já não sabem lidar muito bem com o ócio. O tempo livre precisa ser preenchido com atividades e o recurso mais à mão é o celular. Nesse vídeo as crianças expõem quanto tempo do seu dia elas passam na internet.

A participação das crianças no mundo digital
Expressar opiniões, sentimentos e brincadeiras em canais ou redes sociais se tornou parte da rotina de muitas crianças. Mais do que isso, pode ser até sinônimo de carreira, sonho de vida, desejo de ser reconhecido. Contudo, receber afirmação pelo olhar do outro merece atenção. A criança está em pleno processo de desenvolvimento da personalidade, da identidade, do “eu”. Ao mesmo tempo, a internet pode ser espaço de criatividade e participação cidadã. Nesse vídeo, o Lunetas quer saber se as crianças gostariam de ter um canal na internet.

Comportamento em relação ao ambiente digital
Apesar de oferecer oportunidades, a internet não é um ambiente completamente seguro. As crianças poderão se proteger melhor se conhecerem os riscos a que estão expostas. Outra forma de exposição é a publicidade infantil, anúncios dirigidos às crianças com alto potencial de influenciá-las e que podem inclusive atrapalhar a experiência na internet. No vídeo, as crianças respondem como elas entendem a segurança de seus dados nas redes.

O Instituto Alana é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que aposta em programas que buscam a garantia de condições para a vivência plena da infância. Criado em 1994, é mantido pelos rendimentos de um fundo patrimonial desde 2013. Tem como missão “honrar a criança”.

O Lunetas é um portal de jornalismo para famílias e interessados na temática da infância. O site é uma iniciativa do Alana, organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que aposta em programas que buscam a garantia de condições para a vivência plena da infância. O objetivo é disseminar informações, contar histórias, provocar reflexões, inspirar atitudes e explorar múltiplos olhares para as muitas infâncias do Brasil.

Por Redação

Via INFORCHANNEL

Editor MDR

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *