Intel apresenta novo processador para data center com IA integrada

 Intel apresenta novo processador para data center com IA integrada

Sua nova plataforma de desempenho mais avançado promete cumprir, em média, 46% de aumento de desempenho.

Intel lançou oficialmente na terça-feira (6) sua plataforma de data center mais avançada e de mais alto desempenho, o Intel Xeon de 3ª geração, ou “Ice Lake”. Os novos processadores escalonáveis, baseados em 10 nanômetros – fornecendo até 40 núcleos por processador – são a base da plataforma de data center da Intel, permitindo que os clientes capitalizem oportunidades de negócios com auxílio da Inteligência Artificial.

Os processadores escaláveis ​​Intel Xeon de 3ª geração oferecem, segundo a empresa, um aumento significativo de desempenho em comparação com a geração anterior, com uma melhoria média de 46% nas cargas de trabalho populares do data center. Eles também adicionam recursos de plataforma novos e aprimorados, incluindo Intel SGX para segurança integrada e Intel Crypto Acceleration e Intel DL Boost para aceleração de IA.

“Nossa plataforma escalável Intel Xeon de 3ª geração é a mais flexível e de alto desempenho de nossa história, projetada para lidar com a diversidade de cargas de trabalho da nuvem à rede e à borda”, disse Navin Shenoy, Vice-Presidente Executivo e Gerente Geral do Data Platforms Group da Intel. “A Intel está posicionada de forma única com a arquitetura, design e fabricação para fornecer a variedade de silício inteligente e soluções que nossos clientes exigem”.

Aproveitando a tecnologia de processo Intel de 10 nanômetros (nm), os processadores de 3ª geração oferecem até 40 núcleos por processador e ganho médio de desempenho até 2,65 vezes maior em comparação com um sistema de 5 anos. A plataforma suporta até 6 terabytes de memória de sistema por soquete, até 8 canais de memória DDR4-3200 por soquete e até 64 pistas de PCIe Gen4 por soquete.

Segundo a empresa, os processadores Intel Xeon de 3ª geração são otimizados para cargas de trabalho modernas que são executadas em ambientes multicloud no local e distribuídos. Todos os provedores de serviços em nuvem de “primeira linha” oferecerão serviços baseados em Ice Lake, diz a Intel. Ele está lançando o chip com mais de 50 OEMs construindo mais de 250 servidores baseados na plataforma.

Com a competitividade da AMD crescendo no mercado de data centers, enquanto os próprios clientes da Intel constroem seus próprios chips, o lançamento na 3ª geração de processadores vem em um importante momento. Pat Gelsinger, CEO da empresa, que assumiu o papel de liderança em janeiro, comprometeu a Intel “a uma cadência constante de produtos de liderança” usando sua própria fabricação e externa.

Recursos integrados

A Intel afirma que, com otimizações de hardware e software, o Ice Lake oferece desempenho de IA 74% mais rápido em comparação com a geração anterior. Em comparação com o AMD Epyc 7763 de terceira geração, a Intel afirma que a plataforma oferece desempenho até 1,5 vezes maior em uma ampla combinação de 20 cargas de trabalho de IA populares. Comparado com a GPU Nvidia A100, ele diz que oferece desempenho até 1,3 vezes maior em uma ampla combinação de 20 cargas de trabalho IA populares.

O Intel SGX, e a segurança em geral, é um importante ponto de venda do Ice Lake da Intel. A tecnologia pode proteger até 1 terabyte de código e dados em áreas de memória privada chamadas enclaves, de acordo com o ZDNet. Enquanto isso, os chips Ice Lake também apresentam aceleração criptográfica que promete permitir que o chip ofereça segurança e desempenho.

Isso será especialmente importante para clientes empresariais – como varejistas on-line que processam milhões de transações de clientes por dia – que precisam proteger informações confidenciais sem diminuir o desempenho.

Por Redação

via CIO

Editor MDR

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *