Inovação e dados devem impulsionar marketing em tempos de incerteza

 Inovação e dados devem impulsionar marketing em tempos de incerteza

Segundo pesquisa da Salesforce, no Brasil, 88% dos profissionais de marketing são os responsáveis pela experiência dos clientes nas companhias.

Profissionais brasileiros do setor de marketing estão na vanguarda da inovação do engajamento e da experiência para os clientes em suas empresas, concluiu estudo da Salesforce “State of Marketing”. A sexta edição do relatório ouviu 7.000 profissionais de marketing em 30 países, sendo 300 no Brasil e buscou ouvir as principais tendências e práticas do setor.

“A crise da COVID-19 criou um imperativo digital na economia. Os profissionais de marketing estão repensando todos os aspectos de seus negócios, desde prioridades e desafios estratégicos até as soluções tecnológicas que necessitam”, destacou Daniel Hoe, diretor sênior de marketing da Salesforce América Latina. “As ações de engajamento neste momento estão todas no canal digital e os profissionais de marketing desempenham um papel protagonista na digitalização da experiência do cliente, como assinalaram 88% dos entrevistados. Isso explica a razão de inovação e o engajamento dos clientes em tempo real sejam os principais desafios e prioridades sinalizados”, completou.

Marketing lidera o Customer Experience (CX)

As expectativas e os comportamentos dos consumidores, das empresas e da sociedade em geral estão mudando com velocidade e magnitude sem precedentes. De acordo com o relatório da Salesforce, 88% dos profissionais brasileiros de marketing disseram liderar as iniciativas de experiência do cliente em suas empresas.

Os brasileiros apontam que a inovação e o engajamento dos clientes em tempo real são as principais prioridades e desafios atuais. Outro desafio apontado diz respeito a unificação de fontes de dados do cliente.

E-book por:

Dados do cliente preparam o cenário para o marketing empático

À medida que os consumidores passam por uma série de “novos normais”, impostos pela crise da COVID-19, aumenta a importância do engajamento empático e personalizado, alerta a Salesforce. Para atender essas expectativas únicas de cada indivíduo, são necessários insights profundos.

Segundo o estudo, os profissionais de marketing estão mudando a maneira como capturam e gerenciam os dados dos clientes e aumentam o uso de tecnologias como inteligência artificial (IA) que os ajudam a aproveitar tudo isso ao máximo. No Brasil, os profissionais de marketing deverão passar de 11 fontes de dados em 2019 e 16 em 2020, para 23 fontes em 2021. Além disso, em 2021 devem reportar um aumento de 206% na adoção da IA se comparado a 2018.

Profissionais dobram o valor dos negócios

O estudo também reforça o protagonismo dos profissionais de marketing para transformar relacionamentos ​​com os clientes em valor comercial – em um contexto onde as empresas começam a se preparar para um “novo normal”.

Cada vez mais métricas como a satisfação do cliente, engajamento digital e valor da vida útil do cliente (LTV na sigla em inglês) são utilizadas pelos profissionais de marketing para obter uma imagem holística do que está dando certo e do que não está, no caminho do cliente. “Os profissionais de marketing B2B têm um papel particularmente forte no crescimento dos negócios por meio do marketing baseado em contas (ABM na sigla em inglês). No Brasil, 53% dos profissionais de marketing rastreiam o valor da vida útil do cliente para medir o sucesso”, destaca o estudo.

Quando questionados sobre as tendências tecnológicas que terão grandes impactos transformacionais no setor até 2030, os profissionais brasileiros apontaram o 5G e uma população online expandida como as principais.

Por Carla

Via CIO

Editor MDR

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *