Hospital das Clínicas renova sistema de backup em busca de eficiência e redução de custos

 Hospital das Clínicas renova sistema de backup em busca de eficiência e redução de custos

Tecnologia ampliou a agilidade dos processos de TI e melhorou a usabilidade do sistema para cerca de 1 mil funcionários da instituição.

Hospital das Clínicas renovou recentemente sua tecnologia de backup, atualizando-se com a infraestrutura de servidores HPE Proliant DL 380 Gen 10 com software Veeam. O projeto de substituição da tecnologia legada durou cerca de um mês e foi liderado pela AMR, canal parceiro da HPE.

A substituição buscava ganhar performance e agilidade, tendo em vista que a solução anterior não executava backups em disco, não havia granularidade e o tempo de execução era muito longo, o que gerava questões de segurança e confiabilidade no sistema.

O sistema também demandava alto número de licenciamentos de software. Dessa forma, a instituição optou pelo projeto da AMR para a implementação de um novo parque de servidores – incluindo o site de disaster recovery – com software Veeam para melhoria dos processos de backup.

Uma semana após a conclusão da implementação, o HC já pode verificar os benefícios promovidos pela nova tecnologia. Com a solução de Backup e Replication da Veeam, a janela de backup foi reduzida em 50% do tempo para a gravação em Tape, além de agregar as funções de backup para disco e também a de duplicação, uma vez que não havia esta função na ferramenta de backup anterior. “Com isso temos backup’s menores, com maior velocidade e uma quantidade maior de ponteiros de restauração”, diz Djavan Nonato, Coordenador de Infraestrutura e Operações de TI no Hospital das Clinicas.

Apoiador:

Partindo para a parte prática, após um período de quase um ano de operação o HC passou a utilizar a ferramenta para um grande restore após a perda de um disco de VMware onde este estavam alocados cerca de 18 servidores virtuais críticos para a operação, com o Veeam Backup e Replication foi possível voltar à normalização em apenas 30 minutos, de acordo com Nonato.

“A médio e longo prazo ainda teremos mais benefícios no que diz respeito à economia com licenciamento de softwares, pois em uma única plataforma temos backup e replicação”, explica Nonato. O coordenador ressalta que as operações que mais tiveram melhora foram justamente as de backup e restauração.

Um aspecto importante é que as melhorias no sistema de TI geraram impactos em outros públicos do HC. Além de ter facilitado o trabalho operacional da TI, as novas tecnologias também refletiram no trabalho de cerca de 1 mil colaboradores, que passaram a poder recuperar arquivos de forma rápida e simples. “Com melhor backup, restore e replicação do ambiente de produção, a indisponibilidade dos ambientes foi expressivamente reduzida, facilitando, também, o atendimento ao paciente”, conclui Nonato.

Por Redação

Via CIO

Editor MDR

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *