Google disponibiliza mais de US$ 800 milhões em créditos para combater crise do coronavírus

 Google disponibiliza mais de US$ 800 milhões em créditos para combater crise do coronavírus

Empresa vai colaborar com instituições que estão no combate ao vírus e pequenas empresas afetadas pela crise.

Google anunciou na sexta-feira, 30, uma série de diferentes ações de auxílio ao novo coronavírus que, somadas implicam em um investimento de US$ 800 milhões de dólares para auxiliar pequenas e médias empresas e organizações que foram afetadas ou estão linha de frente da crise gerada em consequência da pandemia.  

De acordo com Sundar Pichai, que acumula as funções de CEO da companhia de buscas e da holding Alphabet, cerca de US$ 250 milhões vão para a Organização Mundial de Saúde (OMS) e outras cem agências governamentais para providenciarem informações de prevenção ao novo coronavírus entre outras ajudas. 

Esse valor será dado como créditos para anúncios que poderão ser destacados no mecanismo de busca da empresa. A companhia também fornecerá US$ 200 milhões em publicidade para ONGs e instituições financeiras que apoiam pequenos negócios que não tem acesso a grandes instituições financeiras e vão precisar de capital durante e após a crise.  

Continuando com o objetivo de ajudar PMEs, a companhia de Mountain View também anunciou outro investimento, esse de US$340 milhões proporcionado por meio de créditos para anúncios, que será destinado para pequenas e médias empresas com conta ativa no Google Ads no último ano. A expectativa, segundo Pichai, é aliviar os custos das empresas que precisam manter o contato com os clientes.  

Por fim, a empresa também fornecerá US$ 20 milhões em créditos para uso da sua plataforma de nuvem Google Cloud. O valor será destinado para grupos de estudos e pesquisas que utilizem a internet para iniciativas com foco em entender e combater o Covid-19.  Interessados precisam se cadastrar no site para participar da seletiva. 

Além das doações por meio de créditos, a empresa já havia comprometido US$ 50 milhões para iniciativas de combate à pandemia e também irá dobrar o valor de todas as doações feitas pelos googlers para causas assistenciais. 

Por Redação

Via COMPUTERWORLD

Editor MDR

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *