Estudo: 80% das empresas brasileiras estão de olho em tecnologias emergentes

 Estudo: 80% das empresas brasileiras estão de olho em tecnologias emergentes

Pesquisa da Avanade com 800 líderes globais aponta que IoT e IA lideram testes e implantações.

Oito em dez (80%) empresas brasileiras estão adotando ou pretendem adotar tecnologias emergentes como internet das coisas (IoT) inteligência artificial (IA), entre outras, como forma de reagir aos efeitos da pandemia. É o que revela um estudo da Avanade, consultoria de negócios líder com foco em soluções da Microsoft.

A pesquisa global ouviu 800 líderes C-levels em oito países, incluindo o Brasil, sobre 12 tecnologias. Fazem parte de seis indústrias, incluindo serviços financeiros, varejo, manufatura, bens e serviços de consumo, energia e serviços públicos e saúde.

A inteligência artificial, principalmente para fins de reconhecimento, é a tecnologia citada no Brasil, com 60% dos respondentes dizendo adotar ou testar soluções desse tipo. A IA conversacional, que inclui chatbots, aparece em segundo com 54%.

Logo em seguida vem IoT e Edge Computing, com 50% das respostas. Das pessoas que disseram ter testado ou adotado uma dessas tecnologias, mais de 80% afirmaram que estão obtendo valor de negócio a partir delas, ou seja, valor a partir do investimento.

Apoiador:

Maturidade digital brasileira

Como parte da pesquisa, também foi questionado o quão longe as empresas foram na jornada de transformação digital. As organizações brasileiras disseram que alcançaram 65% do caminho, enquanto a média global fica em 59%. A pesquisa constatou que no Brasil a gestão é mais inteligente digitalmente (78% em relação à 69% globalmente) e há maior engajamento da liderança no processo de transformação digital (90% contra a média global de 65%).

“À medida que as empresas repensarem o futuro de seus modelos de negócios – de operações a produtos, serviços e experiências -, as tecnologias emergentes desempenharão um papel cada vez mais significativo em sua jornada de transformação digital”, diz Gustavo Brancante, líder regional de inovação da Avanade no Brasil.

Por Redação

Via CIO

Editor MDR

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *