Empresários retomam confiança depois de problemas com covid-19, apura CNI

 Empresários retomam confiança depois de problemas com covid-19, apura CNI

O Índice de Confiança do Empresário Industrial alcançou 57 pontos este mês, após alta de 9,6 pontos frente a julho

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) verificou em pesquisa que o empresário industrial retomou a confiança em agosto, depois de quatro meses de pessimismo. O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) alcançou 57 pontos este mês, após alta de 9,6 pontos frente a julho. Assim, o ICEI voltou a ultrapassar a linha divisória de 50 pontos, que separa confiança da falta dela.

A entidade apontou que a melhora na confiança se deve, sobretudo, ao aumento do otimismo do empresário com relação aos próximos seis meses. A avaliação da situação econômica atual ainda é negativa na comparação com os últimos seis meses, mas, para o empresário, é cada vez mais claro que o pior momento da crise causada pela pandemia ficou para trás.

A retomada da confiança também foi descrita como um importante primeiro passo para a consolidação da retomada da atividade industrial. Com ela, empresários confiantes procurarão aumentar a produção e o investimento.

Apoiador:

O Índice de Condições Atuais aumentou em 12,4 pontos em julho, para 46,9 pontos. O crescimento reflete uma percepção menos negativa dos empresários industriais quanto às condições correntes, mas como o indicador continua abaixo da linha divisória dos 50 pontos, a percepção é que a situação atual está pior do que nos últimos seis meses.

De uma maneira geral, os empresários se mostram otimistas quanto aos seis meses seguintes desde julho, mas, em agosto, esse otimismo tornou-se ainda mais disseminado. Em agosto, o Índice de Expectativas cresceu 8 pontos frente ao mês anterior e alcançou 62,1 pontos, acima dos 50 pontos, que divide expectativas pessimistas e otimistas. Logo, essa pesquisa foi descrita com resultados finais apontados como positivos pela CNI diante dos problemas com o covid-19.

Por Valor Econômico

Via Aço Brasil

Editor MDR

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *