CSN irá religar alto forno após crescimento da demanda

 CSN irá religar alto forno após crescimento da demanda

A CSN irá religar o Alto Forno 2, em Volta Redonda, Rio de Janeiro, após paralisação temporária devido os impactos da Covid-19, mostra fato relevante enviado ao mercado nesta quinta-feira (19).

Segundo a empresa, a retomada visa a adequação da produção de aço à demanda do mercado. O forno tem capacidade nominal de 1,5 milhão de toneladas anuais.

“A companhia continuará monitorando os desdobramentos da pandemia da Covid-19 e os eventuais impactos em seus negócios”, informou.

Demanda aquecida

O minério de ferro vive um bom momento, assim como a empresa. Recentemente, a Fitch elevou o rating nacional da CSN para A-, antes em BBB, e alterou a perspectiva de estável para positiva.

Segundo a agência classificadora de risco, a empresa segue embalada pelo aquecido mercado de minério de ferro, que vive um dos seus melhores momentos. Além disso, a Fitch destaca a sua participação no setor de aço de planos no Brasil e sua alta competitividade.

“Estes pontos fortes são contrabalançados por uma estrutura de capital que depende fortemente de dívidas bancárias de curto e médio prazos”, pondera.

Por Redação

Via MoneyTimes

Editor MDR

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *