Como a tecnologia pode contribuir com o engajamento dos funcionários

 Como a tecnologia pode contribuir com o engajamento dos funcionários

Pesquisa da Harvard encomendada pela Freshworks aponta como a tecnologia pode engajar funcionários e contribuir com o sucesso da operação.

Manter os funcionários engajados é um desafio que não tem fim. Acrescenta-se a isso as particularidades de manter os colaboradores motivados em tempos de pandemia e um home office confinado. Uma pesquisa recente conduzida pela Harvard Business Review, encomendada pela Freshwokrs, empresa de software de engajamento do cliente, reforçou a importância do engajamento dos funcionários como fator que também contribui para aumentar o valor o próprio negócio.

“Há evidências crescentes de que um maior envolvimento dos funcionários aumenta a satisfação do cliente e os resultados gerais dos negócios também”, afirma Anand Venkatraman, VP de Parcerias Globais da Freshworks.

Segundo o estudo, 92% dos entrevistados afirmaram que o engajamento dos funcionários é fundamental para o sucesso de sua organização. Mais que a metade (54%) dos entrevistados indicou que um melhor envolvimento dos funcionários resulta em clientes satisfeitos. Cerca de 53% dos entrevistados também concordaram que há benefícios adicionais: a qualidade dos produtos ou serviços é melhor quando os funcionários estão mais felizes. De acordo com o Gallup, funcionários desligados custam às empresas dos Estados Unidos US$ 450 bilhões a US$ 550 bilhões por ano em produtividade perdida.

Neste contexto, a tecnologia tem pavimentado de forma consistente o caminho para que os funcionários realizem seus trabalhos com eficácia – facilitando o acesso às ferramentas do local de trabalho, ajudando a melhorar a produtividade, aumentando a velocidade dos negócios e mudando fundamentalmente a maneira como as organizações e sua força de trabalho interagem e realizam transações.

Apoiador:

O que torna os funcionários engajados?

De acordo com o estudo, 82% dos entrevistados disseram que a felicidade dos funcionários no trabalho é significativamente afetada pelo desempenho da tecnologia no local de trabalho.

A pesquisa sugere que um software fácil de usar contribui para a satisfação do funcionário, permitindo uma experiência mais produtiva. Já um software inflexível terá o efeito oposto, deixando os funcionários desanimados – pode até mesmo levá-los a buscar melhores condições de trabalho em outro lugar. Na verdade, 77% dos entrevistados disseram que bons funcionários procurarão um novo empregador se seu emprego atual não fornecer as ferramentas, tecnologia ou informações de que precisam para fazer seu trabalho bem.

Ainda assim, obter as ferramentas certas é apenas parte da solução. Capacitar os funcionários a opinarem na seleção das ferramentas é igualmente importante. Em outro estudo, o ‘Voice in the Choice’, encomendado também pela Freshworks, 96% dos funcionários entrevistados disseram que tiveram pouco ou nenhum envolvimento na decisão de compra de software e mais da metade dos entrevistados disseram que ter as ferramentas certas resultaria em clientes mais felizes e melhor produtividade dos funcionários.

“A tecnologia no local de trabalho desempenha um papel fundamental em ajudar o engajamento dos funcionários e a escolha de ferramentas e tecnologia deve ser democratizada. Em última análise, precisamos nos concentrar nos resultados para o funcionário e para o cliente, ” afirma Anand Venkatraman.

Por Redação

Via CIO

Editor MDR

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *