Com flexibilidade de uso, custo da nuvem pode diminuir em até 30%

 Com flexibilidade de uso, custo da nuvem pode diminuir em até 30%

Percentual é dado pela companhia Nublify, afirmando que muitos gestores ainda não exploraram todas as otimizações permitidas pela cloud computing.

O período de distanciamento social causado pelo novo coronavírus  (Covid-19) está levando muitas empresas a rever orçamentos e desenvolver uma estratégia de corte de custos. E quando se fala no setor de TI, uma das áreas em que a redução é esperada é o setor de computação em nuvem. 

Porém, é possível obter um melhor custo-benefício sem prejudicar a disponibilidade de serviços. Pelo menos, é o que aponta a Nublify, empresa que atua em serviços e soluções em cloud computing, alerta que é possível reduzir custo ao adequar o uso da infraestrutura na nuvem. 

Segundo a marca, é possível reduzir cerca de 30% do custo na nuvem quando o projeto conta com flexibilidade de uso. “Neste período, estamos notando que os negócios tendem a ter uma sazonalidade fora do comum, tanto aumentando as transações, como também reduzindo a operação. Quando a empresa passa a ter flexibilização no ambiente em nuvem consegue transformar o negócio de acordo com suas necessidades”, afirma Edilson Pimentel, CTO da Nublify. 

Para obter esta economia, Pimental indica que é preciso aprimorar o ambiente em nuvem e reduzir o desperdício, aumentando o gerenciamento da usabilidade e melhorando a arquitetura e soluções das aplicações e negócios. “Com isso, ajudamos nossos clientes a controlar o uso de sua tecnologia em nuvem trabalhando com seus workloads de maneira otimizada”, afirma. 

Apoiador:

Design sob medida para a nuvem 

Com o crescimento compulsório do trabalho remoto por conta da pandemia da Covid-19, a infraestrutura em nuvem nunca foi tão importante para suportar a demanda e manter a continuidade do negócio.  

Por isso, é fundamental contar com o desenvolvimento de soluções baseada em design para nuvem e com um parceiro que trabalhe em conjunto com os times de arquitetura, identificando áreas de oportunidades e melhorias.  

“Com a aplicação de metodologias específicas desenvolvidas pela Nublify, identificamos qual a melhor solução de nuvem a ser adotada. Mesmo estes ambientes estando em nuvem privada ou ambientes tradicionais”, finaliza. 

Por Redação

Via ComputerWorld

Editor MDR

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *