Cientistas chineses desenvolvem supercomputador quântico

 Cientistas chineses desenvolvem supercomputador quântico

Uma equipe de pesquisa da Universidade de Ciência e Tecnologia da China anunciou um avanço significativo na área de computação quântica. A equipe de pesquisadores estabeleceu um protótipo de computador quântico, batizado de “Jiuzhang”, por meio do qual até 76 fótons foram detectados.

Nenhum computador tradicional pode realizar a mesma tarefa em um período de tempo razoável e é improvável que a aceleração seja derrubada por melhorias de algoritmo ou hardware clássicos, de acordo com a equipe.

O sistema de computação quântica do Jiuzhang pode processar 100 trilhões de vezes mais rápido do que o atual supercomputador mais rápido do mundo.

A equipe também revelou que o novo protótipo processa 10 bilhões de vezes mais rápido do que o computador quântico de 53 qubit desenvolvido pelo Google.

Apoiador:

“A vantagem computacional quântica é como um teto”, explicou Lu Chaoyang, professor da Universidade de Ciência e Tecnologia da China. “Isso significa que, quando a capacidade de um novo protótipo de computador quântico ultrapassa a do computador tradicional mais potente para lidar com uma tarefa específica, isso prova que possivelmente fará grandes avanços em várias outras áreas.”

Comparado com computadores convencionais, o Jiuzhang é atualmente apenas “campeão em uma única área”, mas sua capacidade de supercomputação tem potencial de aplicação em áreas como teoria dos gráficos, aprendizado de máquina e química quântica, de acordo com a equipe.

Por Redação

Via tiinside

Editor MDR

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *