7 técnicas de gestão de tempo que podem deixar a rotina mais produtiva

 7 técnicas de gestão de tempo que podem deixar a rotina mais produtiva

Não é possível ter controle das 24 horas que compõem o dia, mas a metodologia certa pode te ajudar a se organizar melhor.

Desde que a vida corporativa se sedimentou no mundo (e, mais especialmente, a após a criação da entidade e-mails e as tecnologias subsequentes) organizar o tempo da melhor forma possível passou a ser uma das grandes prioridades de qualquer pessoa viva dentro de um escritório. 

Apesar de, em teoria, termos até que uma quantidade razoável de tempo para trabalhar, é fácil esquecer que essa grade de horário sofre uma série de interrupções e a maioria delas independe da sua vontade.

E como é possível se organizar? A Fast Company reuniu sete técnicas de gestão de tempo para ajudar profissionais com diferentes perfis a otimizar a agenda de forma a aproveitar melhor tanto o tempo de trabalho como o período para fazer as atividades da vida pessoal.

Mas, primeiro, a reportagem fez questão de elencar alguns requisitos que você precisa ter em mente ao pensar em cronograma que te ajude – e não o contrário. 

Apoiador:

5 principais característica de um bom cronograma 

Antes de começar a aprender como fazer o planejamento do dia, é importante responder a seguinte pergunta: como é um dia bom para você? 

Você precisa de longos períodos de tempo ininterrupto para se concentrar? Ou você prefere passar o dia em reuniões discutindo e colaborando com colegas de trabalho? Você quer parar de trabalhar às 17 horas no ponto? Ou você está feliz em cortar projetos tarde da noite? 

Saber a versão ideal do seu dia ajudará a orientar como você faz uma programação que ofereça suporte a ela. Também ajuda você a entender por que deseja gastar seu tempo dessa maneira. 

Você pode seguir todos os truques de gerenciamento de tempo do livro, mas nada disso fará diferença se você não estiver trabalhando nas coisas certas. 

Claro, não vivemos em um mundo ideal. Em vez disso, temos que levar em consideração todas as outras coisas que atrapalham nosso dia ideal. 

Na reportagem, a Fast Company explica que o planejamento ideal de um dia de trabalho deve incluir: 

  • Tempo focado em trabalhos e tarefas importantes. Provavelmente é disso que o seu “dia ideal” estaria repleto. 
  • Tempo “falado”. Isso inclui reuniões e outras obrigações que outras pessoas impõem a você. 
  • Tempo de trabalho rotineiro. Este é o trabalho de “manutenção” que você faz todos os dias, como responder e-mails, atualizar documentos, etc. 
  • Pausa para recarregar. 
  • Rotinas e rituais para nos guiar em nossas diferentes tarefas. Embora não seja exatamente uma “tarefa”, uma boa programação aproveita certas cerimônias para mantê-lo energizado, focado e caminhando na direção certa. 

Por Redação

Via ComputerWorld

Editor MDR

Você pode gostar também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *